Pavlova de Morango: um suspiro gigante, delicado e impressionante.

Pavlova de Morango – Suspiro Gigante – A Pavlova é daqueles doces que impressionam. Lindo, com sua “saia” branca, frutas coloridas no corpete, é uma sobremesa que custa muito pouco, é fácil de fazer e deliciosa. Dá para resistir? Inscreva-se em https://www.youtube.com/channel/UCTuHmgFYkIz-GQPjzhO_fbw

 

 

 

História – Se a Pavlova é tudo isso, não poderia faltar um pouco da história para entender sua origem. O nome foi dado em homenagem à bailarina Ana Pavlova, portanto, nome russo, mas sua origem é australiana e neozelandesa. A bailarina visitou os dois países em 1926 para interpretar o A morte do Cisne e em homenagem a ela foi feito o doce que depois foi chamado de Pavlova. Ah… quem afinal o criou? Não sabemos de fato, pois tanto Australia quanto Nova Zelândia creditaram a si mesmos a invenção. Controvérsias a parte, vamos aprender a receita?

Dificuldade – Fácil

Rendimento – 8 porções

Tempo de Preparo: 1 hora e meia

Utensílios: 1 forma de 20 cm,  1 assadeira rasa, papel manteiga, espátula.

Equipamentos : Batedeira, Forno

Ingredientes Pavlova:

  • 6 claras em temperatura ambiente
  • 360g de açúcar de confeiteiro (medida estimada) – se quiser calcular precisamente a quantidade de açúcar, pesar as claras e o açúcar será o dobro do peso das claras.
  • 2 colheres de chá de amido de milho;
  • 1 colher de chá de vinagre;
  • Manteiga ou margarina para untar
  • 300g de creme de leite + açúcar de confeiteiro para fazer o chantilly
  • Morangos para decorar

Como fazer a Pavlova:

Passo 1: Aquecer o forno a 180o. Forrar a assadeira com um papel manteiga e nela fazer com a caneta a marcação da forma de 20cm. Virar a folha de papel manteiga e untar o papel com manteiga (ligeiramente);

Passo 2 – Bater as claras até que fiquem bem firmes. Adicionar o açúcar aos poucos, com o auxilio de uma colher de sopa e continuar batendo. Quando o açúcar estiver bem incorporado e a mistura brilhante, adicionar a maisena e logo em seguida o vinagre. Bater um pouco mais.

Passo 3 – Esculpir a Pavlova. Sim, a Pavlova tem que ser esculpida e por isso o círculo que está no papel manteiga vai ser muito importante. Com o auxílio de uma espátula, faça um bolo ou uma semi circunferência fazendo movimento de um redemoinho usando o círculo como referência.

Passo 4: Coloque no forno por 5 minutos a 180o e abaixe para 120o pelo restante do tempo. Se seu forno não tem temperatura controlada uma possibilidade é deixar um pouco aberto para que o calor dissipe um pouco. A Pavlova tem que assar lentamente e em fogo baixo para não rachar. Deixe por mais 1h e 10 minutos, para que complete o tempo  total no forno. Deixe esfriar.

Passo 5: Bater o creme de leite com açúcar de confeiteiro a gosto. Depois que Pavlova estiver fria, coloque o chantilly por cima e decore com os morangos cortados. Cuidado para não colocar peso demais porque a pavlova pode rachar!

script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">

Temos certeza que você vai causar com esta sobremesa!

Veja também a Torta de Morango com Gelatina

Se é profissional da gastronomia, vende por encomenda, participe do nosso grupo fechado Bake and Cake Faça e Venda!

Um forte abraço, e mais uma vez, lembramos vocês para nos seguirem em nossas redes sociais :

Se quiser, deixe seus dados abaixo para pertencerem ao nosso maravilhoso universo da gastronomia e receber nossos comunicados exclusivos!

Um beijo e até a próxima técnica ou receita,  porque aqui vocês sabem, a gente cozinha, gosta e posta!

Cris Muratori

Bake and Cake – Seu Canal Interativo Gourmet

 

 

 

 

 

 

 

3 comentários

Deixe uma resposta