Receitas de Bacalhau para a Páscoa e dicas de como dessalgar o Bacalhau.

Compartilhe essa receita.
  • 72
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    72
    Shares

Receitas de Bacalhau – tem escondidinho tem, tem brandade de bacalhau…tem! Tem Receita Inédita: Bolinho de Bacalhau e Bacalhau a Mantecato. E dicas de como usar os diversos tipos e dessalgar o Bacalhau. Um post completo!  Clique para conhecer  nosso E-book de Páscoa: https://bakeandcake.enube.me/pascoa.

Parte I) Contexto – Páscoa

A tradição de não comer carne na Semana Santa foi cultivada pelos cristãos ao longo dos séculos e permanece até hoje. Sendo assim, para manter este hábito, as famílias celebram a Sexta-feira comendo sobretudo pescados, e, no Brasil, principalmente o bacalhau.

No Domingo de Páscoa não há restrições, podem comer tudo, apesar de existirem culturas com hábitos diferentes quanto ao cardápio deste dia.

Mas hoje nosso assunto é mesmo o Bacalhau. Vamos conhecer os tipos, qual receita é melhor fazer com cada tipo e também como dessalgar o bacalhau.

Mas, o mais importante é dar algumas receitas que você pode preparar para a Páscoa.

Parte II ) Conceito – O que é bacalhau? 

Os vikings possivelmente já pescavam o “gadus morhua” por ser uma espécie farta pelos mares onde navegavam. Tendo necessidade de conservar o peixe para suas longas viagens marítimas iniciaram o processo de secá-lo ao ar livre antes do embarque o que além de conservar seu valor nutritivo, rico em proteínas, prevenia a deterioração da carne e tornava seu transporte mais fácil por ocupar pouco espaço nas embarcações. Tempos depois, por volta do ano 1.000, os bascos que habitam os Pirineus espanhóis e franceses e já conheciam o sal, começaram a salgar o peixe antes de secá-lo nas rochas.

É esse processo de salga e cura de alguns peixes que os transforma em bacalhau, e pode ser feito com alguns tipos de peixe.

script async src="//pagead2.googlesyndication.com/pagead/js/adsbygoogle.js">

Parte III) Origem – Mas de onde vem de fato o Bacalhau?

A partir da Idade Média, o aumento da demanda por bacalhau tornou necessária a implantação de uma estratégia de pesca em longo prazo. A Noruega inaugurou a primeira industria de transformação de bacalhau, e esse país tornou-se, até hoje, o pólo mundial de pesca e exportação do produto.

Parte IV) Já que o bacalhau é salgado, como dessalgar o bacalhau?

Atualmente algumas marcas já oferecem o Bacalhau dessalgado, mas é muito comum ainda ver o bacalhau sendo vendido salgado.

Aí você quer preparar um Bacalhau para a Sexta Feira da Paixão. Como dessalgá-lo?

Passos:

Passo 1 – 2 ou 3 dias antes de preparar o seu prato deixe o bacalhau de molho: Ele já pode ser cortado da maneira que você deseja para cozinhar.Primeiro lave o bacalhau em água corrente.A seguir, coloque-o num recipiente, cubra com água e leve para a geladeira (deixe o tempo todo na geladeira, a água deve se conservar sempre muito fria).

Passo 2 – Troque a água do bacalhau a cada 6 horas: Se você não tiver certeza se já está dessalgado prove um pouco da parte interna para verificar o ponto. Não deixe o bacalhau perder todo o sal, bacalhau insosso fica sem o seu sabor característico, deixe-o no nível de tempero que utiliza na sua cozinha.

Passo 3 – Quando tirar o bacalhau da dessalga: Lave-o com bastante água corrente para retirar a última camada de sal que possa ter ficado.

Parte V) Como dessalgar o Bacalhau – Mitou ou Verdade?

1 – O Bacalhau deve ser dessalgado em agua fervente.

Errado. Ao dessalgar o bacalhau em água fervente, estamos na verdade extraindo todo o sabor do Bacalhau. Ele vai ficar sem gosto e sem graça. Não faça e não siga isso, se qualquer receita indicar este método.

2- O Bacalhau pode ser dessalgado em temperatura ambiente

Errado. O Bacalhau precisa ser dessalgado corretamente e permanecer refrigerado, para evitar a propagação de microorganismos que agem em meio  úmido e sob ação de calor, mesmo que moderado.

Parte VI)  – Tipos de Bacalhau

As cinco espécies de peixes que podem ser vendidas com o nome de bacalhau e a melhor forma de  usá-las na cozinha:

  1. Cod Gadus Morhua, considerado o autentico bacalhau, é pescado no Atlântico Norte. Quando salgado e seco tem coloração amarelo-palha uniforme, com postas altas e largas. Cozido, desfaz-se em lascas claras e tenras, de sabor inconfundível. Seus lombos são ideais para a preparação de receitas que exigem uma peça inteiriça e as aparas laterais podem ser usadas para saladas, risotos e outros pratos em que possa ser separado em lascas.
  2. Cod Gadus Macrocephalus, pescado no Pacífico Norte, é o mais semelhante ao anterior porém sua carne, quando cozida, tem uma textura mais firme e fibrosa.Como não se desfaz bem em lascas é bom para ser usado desfiado em pratos como saladas, recheios e bolinhos.
  1. Ling (Molva molva), apesar de ser um peixe de qualidade um pouco inferior, tem postas altas e bonitas e carne muito branca. Como se separa em lascas macias, tem um bom custo-benefício para receitas de forno, panela ou frigideira.
  2. Saithe (Pollachius virens), apresenta uma carne mais escura e de sabor mais acentuado. Por seu preço mais acessível é bastante usado, sobretudo, no Nordeste brasileiro. Desfia com facilidade e é utilizado principalmente em bolinhos, saladas e ensopados.
  3. Zarbo (Brosmius brosme) é o menor peixe de todos os tipos. Tem carne clara e de textura fibrosa. Pode ser usado em caldos, pirões, bolinhos e recheios.

 Parte VII) Receitas de Bacalhau

Consulte as receitas já publicadas: Escondidinho de Bacalhau : clique na foto

Escondidinho de Bacalhau, uma forma #bbb e deliciosa de fazer Bacalhau.

Brandade de Bacalhau

#receitasnatal Bake and Cake – Brandade de Bacalhau – uma forma #bbb de ter bacalhau em sua ceia de final de ano.

Receitas Inéditas: 

Uma entrada: Bolinhos de Bacalhau, receita de família, o melhor bolinho da vida.

Um prato principal: Bacalhau Mantecato, receita italiana, de Veneza, cozido no leite e servido com uma polenta cremosa.

 

.

Tanto o Bolinho de Bacalhau como o Bacalhau Mentecapto fazem parte de nosso livrinho especial de Páscoa, que você pode adquirir aqui.  

https://bakeandcake.enube.me/pascoa

 

Um forte abraço,

Cris Muratori

logo original

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe aqui seu comentário